VOCÊ ESTÁ PRONTO PARA DEUS?

E passou Abrão por aquela terra até ao lugar de Siquém, até ao carvalho de Moré; e estavam, então, os cananeus na terra.

Gênesis 12.6

Quando Deus chamou Abraão, para que deixasse sua terra e a casa de seu pai, ele nada pediu em troca, mas obedeceu. Assim deve fazer quem se sente tocado pelo Senhor para realizar a Sua obra ou aceitar a salvação da sua alma. Ora, o Pai jamais lhe pedirá algo que você não possa dar. Ele quer é a sua obediência, e, por ela, você prova que O ama. A recompensa que receberemos será de altíssimo valor.


A convocação do patriarca teve três lances decisivos, para que pudesse fazer o que lhe fora dito. O primeiro foi a própria chamada, quando ouviu: [...] Sai-te da tua terra, e da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei (Gn 12.1). O convite para ser salvo também significa romper com os laços religiosos que nos prendem, bem como toda a nossa família. Quem é sábio toma a atitude certa.


No segundo, Abraão ouviu promessas que ele não podia rejeitar de jeito nenhum, como as que são feitas aos fiéis a Jesus, que reinarão pela eternidade. Assim foi dito ao patriarca: E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome, e tu serás uma bênção (Gn 12.2). Por seu intermédio, muitos serão conduzidos à salvação. Assim, a sua recompensa será eterna, o seu nome, engrandecido, e você se tornará uma verdadeira bênção.


No terceiro, o Altíssimo Se comprometeu em fazer com que Abraão fosse respeitado por aqueles que tomassem conhecimento dele, pois também seriam abençoados: E abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra (Gn 12.3). Quem ouvisse falar dele só teriam uma opção: abençoá-lo para ser abençoado, pois, se o amaldiçoasse, seria amaldiçoado. Amém!

Logo que ouviu o Senhor, tomou a decisão de deixar a sua terra e parentela, e partir para o lugar que ainda lhe seria mostrado. Durante a caminhada, não se deixou levar pelas ameaças dos perigos que correria: Assim, partiu Abrão, como o SENHOR lhe tinha dito, e foi Ló com ele; e era Abrão da idade de setenta e cinco anos, quando saiu de Harã (Gn 12.4). Em Harã, seu pai morreu, mas ele continuou a obedecer ao ide Deus.


Após a morte do pai, não esmoreceu na fé, mas juntou tudo o que tinha e foi para Canaã: E tomou Abrão a Sarai, sua mulher, e a Ló, filho de seu irmão, e toda a sua fazenda, que haviam adquirido, e as almas que lhe acresceram em Harã; e saíram para irem à terra de Canaã; e vieram à terra de Canaã (Gn 12.5). Abraão era obediente a Deus e, desde o primeiro momento em que começou a seguir as ordens divinas, passou a prosperar.


Chegando à terra dos cananeus, Deus lhe fez uma promessa, dizendo: [...] À tua semente darei esta terra. E edificou ali um altar ao SENHOR, que lhe aparecera (Gn 12.7). Com o altar, deu o aceite àquela promessa. Vale a pena crer no Senhor que nos ama!


Erik Santana

#eriksantana #devocional #palavradodia #fé #jesus

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo