Seja Manso e Prove das Bençãos do Senhor

"Os mansos comerão e se fartarão; louvarão ao SENHOR os que o buscam; o vosso coração viverá eternamente."Salmo 22.26

Jesus declarou que nem só de pão o homem viverá, mas de toda a Palavra que procede da boca de Deus (Mt 4.4). Há muitos que, apesar de se declararem cristãos e frequentarem uma boa igreja, não conseguem se alimentar da Palavra. Não basta que a refeição servida no púlpito da sua congregação seja boa; é preciso que você esteja qualificado como manso – tranquilo, de gênio brando, obediente ao Senhor –, a fim de que lhe seja facultado o acesso a toda alimentação.


No sermão da montanha, o Senhor ressaltou a importância de sermos submissos a Ele e não comparáveis a um animal selvagem. Ele declarou que os mansos herdarão a terra (Mt 5.5). Quem faz a própria vontade, por sua vez, não se inclina para a divina Palavra, nem se submete aos toques do Espírito de Deus, tampouco se qualifica para essa bênção. Mas há muita gente pacata, que não é mansa, e sim tola.


Uma coisa é submeter-se a Deus, outra é ser tolo e não buscar o seu direito nem se esforçar para crescer e, ainda assim, dizer que tudo está bem. Não é esse tipo de pessoa que a Bíblia aponta como mansa. Por exemplo, a Palavra revela que não havia ninguém tão manso quanto Moisés (Nm 12.3), mas sabemos que sua “mansidão” não deixou que um egípcio ferisse um israelita; assim, com um soco, Moisés o matou.


Os que se submetem ao Altíssimo comem até se fartar. Para eles, um único versículo se transforma em um livro, em uma enciclopédia. Desse modo, quando têm fome, o Espírito de Deus os guia nas Escrituras. Se precisam de uma palavra para se livrar de uma tentação, por exemplo, o Senhor os faz encontrar tal promessa; se a necessidade for de cura, a mesma coisa acontece. É promessa do Altíssimo que os mansos – os obedientes, e não resmungões – herdem a terra.

Não basta, simplesmente, ser manso e ter o banquete franqueado; é preciso buscar o Pai celeste. Aliás, Jesus foi claro ao dizer que só encontra quem busca; só recebe quem pede, e a porta só é aberta para quem bate (Mt 7.7). No entanto, se você é um preguiçoso espiritual, que nunca tem tempo para buscar o Senhor, não pesquisa nas Escrituras e jamais gasta seu tempo em oração, você não encontrará o Altíssimo e, por conseguinte, não O louvará.


O Senhor diz que o coração – o espírito – dos mansos viverá eternamente. Não haverá fim para quem sabe ser conduzido pelo Santo Espírito. Portanto, não deixe de fazer a vontade divina, de se encaixar nos planos do Todo-Poderoso e jamais se insurja contra qualquer plano dEle. Esteja sempre onde Ele determinou e, assim, você verá que sua atitude foi de fundamental importância para sua felicidade.


Quando aprendemos algo nas Escrituras, na mesma hora devemos assumir aquilo. Ser manso é ter a capacidade de aprender a verdade eterna, vivê-la e satisfazer todo o seu desejo de conhecer o Senhor e os Seus planos. Os mansos aprendem o que é necessário para nunca fracassarem ou deixarem de terminar a torre por falta de material (Lc 14.28).

#eriksantana #devocionaldodia #livroanovacriatura #livroasquatrotorres #devocional

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo