QUER SER COMO O MESTRE JESUS?

Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai.

João 14.12

Todo discípulo do Senhor precisa se esforçar para agir conforme Ele ensinou. A obra de Deus carece de bons obreiros, de pessoas que, por estarem com Jesus, falem e operem de modo igual a Ele. Cristo jamais Se mostrou negativo, vacilante ou desobediente às ordens do Pai. Ele veio para ser nosso Exemplo, mostrando-nos que é possível cumprir os mandamentos, sem ter de estender a mão a qualquer desonestidade.


Só devemos fazer o que o Todo-Poderoso ensina e, tendo aprendido dEle, não podemos usar de falsa modéstia, dizendo que só faremos algo se Ele nos permitir. Ora, se o Senhor nos ensinou e ordenou a fazermos a obra, como não temos Sua permissão? Digo isso de modo geral, pois, em cada situação, é preciso estar atento às instruções do Altíssimo. Houve vezes em que Jesus curou cegos, impondo-lhes as mãos (Mc 8.23); outras em que falou ou untou os olhos deles com lodo (Jo 9.6).


Todas as obras que Jesus fez, incluindo a ressurreição de mortos, podem e devem ser repetidas por aqueles que amam a Deus. Não há absolutamente nada que o Mestre tenha realizado que também não possamos fazer (Jo 14.12). No entanto, é preciso observar Suas advertências no tocante às atitudes que tornam a Palavra infrutífera, como os cuidados da vida, a fascinação pelas riquezas e as demais ambições. Também nenhuma forma de pecado deve ser tolerada.


O nosso ministério obrigatoriamente tem de ser de maravilhas, prodígios e sinais. Esse é o Evangelho que Jesus pregava, o qual Ele ordenou que pregássemos em todo o mundo (Mc 16.15). Quem se cansa de expulsar demônios e de orar pela cura dos enfermos não sabe o mal que faz à obra de Deus. O fim somente se dará quando o mesmo Evangelho que Jesus pregava for levado a todos (Mt 24.14). Observe que tem de ser o mesmo.

A verdade é que quem presencia as Boas-Novas sendo pregadas no poder do Espírito Santo não tem mais desculpas se não se converter. Se a pessoa crê, nasce de novo; se recusa, já está condenado. Da mesma forma, se os doentes crerem, serão curados; se os endividados e falidos crerem, prosperarão. A mensagem tem de ser a mesma, pois o poder é o mesmo e o Senhor que garantiu estar conosco até a consumação dos séculos também (Hb 13.8).


O melhor é que Jesus demonstrou, nas Suas ministrações, que o Pai celestial não quer que ninguém seja condenado nem que os perturbados e demais sofredores continuem nas mãos do inimigo. Foi por isso que Ele nos outorgou o mesmo poder dado a Jesus, bem como a mesma missão. Não importa quem lhe diga o contrário; não acredite, pois essa pessoa mostra ter falta de juízo ao tentar diminuir a ordem divina. Sempre obedeça ao Mestre.


Não há dúvida de que quem cumprir os mandamentos será galardoado no último Dia e, para sempre, entrará no descanso divino. Entretanto, quem não fizer o que lhe foi ordenado será apenado pelo prejuízo causado ao Reino de Deus, assim como às pessoas que continuaram doentes ou se perderam.


Erik Santana

#eriksantana #devocional #palavradodia #fé #jesus

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo