QUEM SÃO AS PEDRAS DE TROPEÇO?

Nos dias de Sangar, filho de Anate, nos dias de Jael, cessaram os caminhos de se percorrerem; e os que andavam por veredas iam por caminhos torcidos. Cessaram as aldeias em Israel, cessaram, até que eu, Débora, me levantei, por mãe em Israel me levantei.

Juízes 5.6,7

Muita gente, no decorrer da História da humanidade, bem como em nossos dias, foi responsável pelo desvio de algumas pessoas. É inevitável que venham coisas que farão muitos se escandalizarem, mas, como Jesus disse, ai daquele por quem o escândalo vier (Mt 18.7). A obra perversa pode não ser um pecado chocante e até ser considerada boa ação, mas pode levar alguém a abandonar o Senhor.


Não sabemos bem o que Sangar fez, o fato é que sua obra levou muitas pessoas a deixarem de obedecer à Verdade. Um pai de família que prospera desonestamente e dá conforto aos seus entes queridos talvez esteja influenciando-os a nunca mais buscarem o Altíssimo e, assim, perderem-se eternamente. Uma proposta imoral tende a levar um fraco na fé a errar e, com isso, rumar para a perdição. Sem dúvida, muitos cristãos serão responsabilizados pelo desvio de outros.


Naqueles dias, as pessoas deixaram de percorrer os caminhos de Deus, e isso fez com que, em pouco tempo, o inimigo se mostrasse o tal com suas nefastas obras. O mesmo ocorrerá com sua família, com você e todos aqueles que deixam de entender e cumprir o plano do Senhor. Infelizmente, existem pregadores que não vigiam nem buscam o Pai em oração e nas Escrituras para saber o que devem ministrar ao povo. Ora, sem profecia, há corrupção (Pv 29.18).


Se a Palavra não for aberta, os que estavam se acertando se desviarão. Então, restarão somente tristeza, sofrimento e demais obras malignas. Ai daquele por quem o escândalo vier, advertiu o Senhor Jesus. Do juiz Sangar poderia ter sido escrito algo bom, mas a verdade não pode ser omitida. De você será que se escreverá que, de alguma forma, contribuiu para que alguém se chegasse a Deus, se firmasse na fé e Lhe servisse de coração?

Quem se deixa influenciar pelos cuidados da vida, pela fascinação das riquezas, pela vaidade ou por outras ambições não pode ser um bom exemplo para os demais e, por isso, no Dia do acerto de contas, poderá ser responsabilizado pelo desvio e pela destruição eterna de uma ou de muitas pessoas. Reflita e veja qual tem sido a sua posição diante do que se lhe apresenta. O maligno tenta, mas só consegue derrubá-lo se você deixar.


Deus precisa de novas Déboras para serem como mães para o Seu povo. Não é justo deixar os pequeninos que creem em Jesus sem o bom exemplo, sem um copo de água. Daniel disse que o sábio resplandecerá com o fulgor do firmamento, e quem conduzir muitos à justiça de Deus brilhará como as estrelas sempre e eternamente (Dn 12.3). O que você fará?


Débora fez a sua parte, eu tenho de fazer a minha e você também. Não fomos colocados aqui para agirmos como desmiolados, pessoas que só pensam nos prazeres e em acumular riquezas. Temos um compromisso com a Palavra e não devemos abrir mão disso. Deus nos chamou para fazer parte da Sua obra e, por isso, não podemos falhar de modo algum.


Erik Santana

#eriksantana #devocional #palavradodia #fé #jesus

30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo