COMO SERVIR COM EXCELÊNCIA?

Porque não é aprovado quem a si mesmo se louva, mas, sim, aquele a quem o Senhor louva.

2 Coríntios 10.18

A meta de todo cristão deve ser buscar a excelência em servir ao Senhor, a fim de receber a aprovação dEle. Aqueles que não atinarem para essa verdade verão, na eternidade, o quanto foram maus para si mesmos e para o próximo. É no servir a Deus – prática que nada tem a ver com o que fazem os adeptos de outras religiões – que aprendemos tanto o que nos está reservado na fé em Jesus como tomar posse do que é nosso.


O que desejamos realizar na obra divina tem de vir dEle. Ninguém pode inventar nada, pois são prerrogativas do Senhor a criação e a direção do Seu propósito. No entanto, como fomos chamados para participar da Sua glória e virtude, cabe a nós não desperdiçarmos o que Ele determinou ser nosso, como a nossa participação no Seu plano de redenção do homem. Os que obedecerem fielmente ao que lhes for ordenado, ainda que seja uma pequena obra, serão galardoados.


Por estar no controle de tudo, o Altíssimo sabe exatamente o quanto precisamos da Sua bondade, da Sua capacidade e santidade para que possamos servir-Lhe de modo digno. Por isso, jamais caia na tentação de achar que a obra a qual lhe foi dada a realizar é maior do que a graça entregue a você. Quando o Senhor lhe dá uma missão, esteja certo de que as condições necessárias para cumpri-la já estão à sua disposição.


Por outro lado, nunca aceite ou queira o que Deus não lhe deu, porque aquilo que alcançamos por outra fonte de nada vale. Se a habilidade ou as condições não vêm do Senhor, recuse-as, pois, sem dúvida, provêm do homem ou do inimigo. Jesus disse que tudo o que vem da carne para nada presta (Jo 6.63) e o que vem do maligno, se aceito, abre portas para outros males entrarem na vida da pessoa, levando-as ao sofrimento.

Quando o Onipotente investir em você a capacidade dEle, fique atento às instruções para seguir exatamente como lhe foi prescrito, pois você será examinado em seus feitos. Todo trabalho na obra do Pai em desacordo com o Manual do Céu – a Palavra de Deus – torna-se vão. Quem acrescentar ou tirar algo da revelação sofrerá grande prejuízo, conforme adverte a Bíblia (Ap 22.19). A obra do Senhor tem de ser santa do início ao fim, ou não será aprovada.


Por outro lado, os que recebem o diploma de aprovados pelo Senhor alcançam um sucesso maior do que aqueles que lutam com as próprias forças, pois estão capacitados a cumprir as ordens celestiais. No mundo espiritual, há um decreto o qual autoriza os que estão aptos por Deus a realizar o mesmo que Jesus fazia. Essa aprovação não vem do esforço próprio, mas, sim, de crer no que o Altíssimo diz. Os aprovados jamais serão confundidos.


A aprovação do Senhor significa muito para quem a recebe, pois o Mestre jamais mentirá ou dirá algo que não seja a plena verdade. Ele nos aprova unicamente pelo fato de crermos e acatarmos as Suas ordens. Para os obedientes, não faltarão poder e ajuda, pois o Senhor Se alegra com os que Lhe obedecem. A alegria do Senhor é a nossa força (Ne 8.10).


Erik Santana

#eriksantana #devocional #palavradodia #fé #jesus

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo